Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
2 user(s) are online (2 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 2

more...
Home Léxico Filosofia S simples Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

simples

Definition:
(gr. aploos; lat. simplex; in. Simple; fr. Simple; al. Einfach; it. Semplicé).

Aquilo que carece de variedade ou de composição, vale dizer, o que existe de um único modo ou é destituído de partes. Aristóteles entendeu o simples no primeiro sentido, como falta de variedade: "No sentido primário e fundamental o que é simples é necessário porque não é possível que o simples seja ora de um modo, ora de outro" (Met., V, S, 1015 b 12). Leibniz usou essa palavra no segundo sentido, ao definir a mônada como substância simples, porque sem partes (Monad., § 1). Foi graças a Wolff que esse conceito se consolidou com esse sentido (Ont., § 673). Na lógica terminista medieval usava-se com o mesmo sentido o termo incomplexum (= não composto), como contrário de complexo: ou no sentido de um termo constituído por uma só palavra, ou no sentido do termo de uma proposição, constituído por uma ou mais palavras (cf. Occam, Expositio áurea, p. 40 b).

Por simplicidade, como característica das hipóteses ou das teorias científicas, entende-se exigência de economia (v.; v. também teoria).

Analogamente, por simplificação entende-se todo procedimento apto a tornar econômica a conceitualização ou a teorização, ou seja, qualquer procedimento que reduza o número ou a complexidade dos conceitos empregados. [Abbagnano]


(lat. simplex)

Que é indivisível, que não pode ser decomposto, que não tem partes. Em Descartes, as naturezas simples são as essências: " Chamamos simples aquelas naturezas cujo conhecimento é tão claro e distinto que o espírito não as pode dividir em outras mais numerosas cujo conhecimento seja mais distinto: tais são a figura, a extensão e o movimento" (Descartes, Regras para a direção do espírito). Ver análise; átomo. [Japiassu]

Submitted on 18.05.2011 21:09
This entry has been seen individually 968 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project