Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
3 user(s) are online (3 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 3

more...
Home Léxico Filosofia R reflexo Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

reflexo

Definition:
reação involuntária e automática da atividade nervosa a uma excitação externa (contração muscular, secreção). — Distinguem-se: os reflexos espontâneos, naturais, incondicionados ou inatos, que são os que um organismo possui desde seu nascimento, em virtude da conformação de seu sistema nervoso; e os reflexos condicionados, criados artificialmente por um certo "condicionamento". O reflexo condicionado foi estudado primeiramente por Pavlov, que descobriu que os reflexos normais, provocados pelo contato da alimentação com a mucosa bucal do cão, poderiam ser provocados pela simples visão da alimentação. Associou uma campainha a esta visão e em breve a campainha era suficiente para desencadear a salivação. Tal é o princípio do treinamento animal, do aprendizado e dos hábitos. As aplicações do condicionamento no homem podem suscitar um perfeito domínio dos reflexos em princípio voluntários (parto sem dor, reação automática a sinais quando de vôos espaciais). A reação reflexa contrapõe-se à atividade refletida. (V. atividade, Pavlov, tedências.) [Larousse]

Submitted on 28.06.2009 12:52
This entry has been seen individually 522 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project