Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
5 user(s) are online (4 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 5

more...
Home Léxico Filosofia H Herbart Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

Herbart

Definition:
HERBART (Johann Friedrich), filósofo e pedagogo alemão (Oldenburg 1776 — Göttingen 1841). Estudou na Suíça os métodos pedagógicos de Pestalozzi, tornou-se professor em Göttingen (1805), sucedeu à cadeira de filosofia ocupada por Kant em Konigsberg (1809), e voltou finalmente a Göttingen (1833). Toda a sua obra é um esforço para elevar a psicologia ao nível de ciência exata. Sua psicologia "dinâmica" é um estudo das "forças" psíquicas e de sua interação. Deve-se-lhe notadamente: Compêndio de introdução à filosofia (1813), Psicologia como ciência (1824-1825), Metafísica geral (1828-1829) e uma Enciclopédia da filosofia (1831). Herbart fundou uma escola de "psicologia dinâmica" cujos principais representantes foram Willhelm Drobisch (1802-1896) e W. Windelband. [Larousse]


Deve-se a John FR. Herbart a renovação do sistema monadológico, o estabelecimento da psicologia como mecânica das representações baseada na observação e no cálculo e a primeira instituição científica da pedagogia. Nasceu em 1776 em Oldemburgo e estudou em Iena; entre 1797-1800, foi preceptor em Interlaken; em 1802, Privatdozent em Gotinga; em 1809, professor em Königsberg; em 1833 novamente em Gotinga, onde faleceu em 1841. No seu sistema são combinados habilmente pontos de vista diferentes; o seu mestre Fichte, com o teísmo; o pluralismo de Leibniz; a teoria das antinomias dos céticos e de Kant; a concepção mecanicista dos grandes cientistas da época e, finalmente, Pestalozzi. Não se estudou, entretanto, com material suficiente, o desenvolvimento do seu pensamento. A sua ocupação e reflexão pedagógica desemboca em: Allgemeine Paedagogik, 1806. Hauptpunkt der Metaphysik, 1806. Hauptpunkt der Logik, 1808. Allgemeine praktische Philosophie, 1808. Lehrbuch zur Psychologie, 1816. Psychologie als Wissenschaft, 1824-25. Allgemeine Metaphysik, 1828-29. Suas obras completas foram editadas por Hartenstein e por Kehrbach.

Seus discípulos: Drobisch, (especialmente Empirische Psychologie und Logik, que é ainda utilizável); Waitz (obra de grande importância: Anthropologie der Naturvölker, 2.a ed., 1878 ss., em seis partes): Steinthal e Lazarus, que procuram instituir uma ciência da psicologia dos povos, na Zeitschrift fur Völkerpsychologie (1859-1890). Steinthal segue o rumo de Humboldt na ciência geral da linguagem. Zimmermann: Ästhetik. São sobretudo influentes as ideias pedagógicas: a escola domina na Áustria, graças a Exner e Bonitz. Produção pedagógica de Rein, Stoy, Ziller e outros. Fr. Ed. Beneke (1798-1854); têm com eles afinidades: Lehrbuch der Psychologie, 1833; Erzienhungs und Unterrichtslehre, 1835-36).

Submitted on 01.03.2010 19:17
This entry has been seen individually 959 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project