Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
7 user(s) are online (7 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 7

more...
Home Léxico Filosofia C coisas Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

coisas

Definition:
O lugar de chegada convocado na evocação é uma vigência que se abriga na ausência. Nessa chegada, a evocação nomeadora chama as coisas para que elas venham até nós. Chamar é convidar. A evocação convida as coisas de maneira que estas possam, como coisas, concernir aos homens. O cair da neve traz os homens para debaixo do céu que escurece na noite. O soar do sino da tarde traz os homens enquanto mortais para diante do divino. Casa e mesa ligam os mortais à terra. As coisas aqui nomeadas, ou seja, evocadas, recolhem junto a si céu e terra, os mortais e os divinos. Os quatro são a unidade originária de ser em relação ao outro. As coisas deixam a quadratura dos quatro nelas perdurar. Esse deixar perdurar em reunindo é o que faz das coisas coisa. Mundo é o nome que damos à quadratura de céu e terra, mortais e divinos, que perdura com unidade no fazer-se coisa das coisas. No nomear, as coisas nomeadas são evocadas em seu fazer-se coisa. Fazendo-se coisa, as coisas des-dobram mundo, mundo em que as coisas perduram, sendo a cada vez a sua duração. Fazendo-se coisa, as coisas dão suporte a um mundo. No uso antigo de nossa língua, suportar, dar suporte também diz bem, baren, portar, porte, gesto. Daí surgem as palavras gebären, gestar e Gebärde, gesto, gestualidade. Fazendo-se coisa, as coisas são coisas. Fazendo-se coisa, as coisas são gesto de mundo.

... O chamar que evoca as coisas as convida e provoca para as coisas, as aconselha e recomenda para o mundo de onde elas aparecem. Assim, a primeira estrofe não nomeia simplesmente coisas. Ela nomeia também mundo. Ela evoca os "muitos" que, enquanto mortais, pertencem à quadratura de mundo. As coisas con-dicionam os mortais [Em alemão, Die Dinge be-dingen die Sterblichen. A palavra alemã para dizer condicionar é bedingen, um verbo formado pela composição do prefixo be, que indica transitividade, e dingen de Ding = coisa, significando literalmente coisificar. Condicionar significa dar estatuto de coisa às coisas. (N. da T.)]. Isso significa aqui: as coisas visitam propriamente os mortais com um mundo. [GA12]

Submitted on 22.08.2010 18:47
This entry has been seen individually 462 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project