Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
5 user(s) are online (5 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 5

more...
Home Léxico Filosofia R representação Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

representação

Definition:
Vorstellen
représentation

A filosofia moderna faz a experiência dos entes como objetos. O ente se lhe contrapõe, através da percepção, para a percepção. O percipere prende, como Leibniz viu com tanta clareza, como appetitus o ente, apreende-o a fim de, através desse prender, trazê-lo a si numa compreensão conceitual, referindo ao percipere a sua apresentação (repraesentare). A repraesentatio, a representação determina-se como o ante-por-se a si (o eu) em percebendo o que aparece.

Dentre as peças doutrinárias da filosofia moderna, sobressai uma sentença que deve agir como uma espécie de solução para todo aquele que a utiliza na tentativa de esclarecer a sentença de Parmênides. Trata-se da sentença de Berkeley, cujo ponto de sustentação é o posicionamento metafísico fundamental de Descartes. Ela diz: esse = percipi, ser é igual a representar-se. Ser fica submetido ao representar no sentido da percepção. É essa frase que cria o espaço em que a sentença de Parmênides se torna susceptível de uma interpretação científica, escapando, assim, do círculo empoeirado de uma intuição meio poética, com a qual se costumava caracterizar o pensamento pré-socrático. Esse = percipi, ser é representar-se. Ser é em virtude do representar. Ser é igual a pensar à medida que a objetividade dos objetos se constitui na consciência capaz de representações, composta do "eu penso alguma coisa". À luz desse enunciado sobre a relação de pensar e ser, a sentença de Parmênides adquire a posição de uma indiscutível forma prévia da doutrina moderna acerca da realidade e de seu conhecimento. [GA7 208]


Estamos refletindo sobre a essência da ciência moderna com a intenção de reconhecer o seu fundamento metafísico. Que concepção do ente e que conceito da verdade tornam possíveis que a ciência se torne investigação?

O conhecimento, enquanto investigação, pede contas ao ente acerca de como e até que ponto ele está à disposição da representação. A investigação dispõe do ente quando consegue calculá-lo antecipadamente em seu futuro transcurso ou calculá-lo a posteriori como passado. No cálculo antecipado quase se instaura a natureza, no cálculo histórico a posteriori quase a história. Natureza e história se convertem em objeto da representação explicativa. Esta representação conta com a natureza e ajusta contas com a história. Somente aquilo que se converte desta maneira em objeto é, vale como algo que é. A ciência chega somente a ser investigação desde o momento em que se busca o ser do ente na chamada objetividade.

Esta objetivação do ente tem lugar em uma re-presentação cuja meta é a de colocar todo ente diante de si de tal modo que o homem que calcula possa estar seguro do ente ou, o que é o mesmo: possa ter certeza dele. A ciência se converte em investigação única e exclusivamente quando a verdade se transformou em certeza da representação. O ente se determina pela primeira vez como objetividade da representação e a verdade como certeza da mesma na metafísica de Descartes. O título de sua obra principal diz: “Meditationes de prima Philosophia”, isto é, “Considerações Sobre a Filosofia Primeira”. Prote philosophia é o nome aristotélico para aquilo que mais tarde se chamará metafísica. Toda a metafísica moderna, incluindo a de Nietzsche, se manterá dentro da interpretação do ente e da verdade iniciada por Descartes. [DZW]

Submitted on 18.10.2010 14:37
This entry has been seen individually 642 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project