Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
7 user(s) are online (7 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 7

more...
Home Léxico Filosofia M mesmo Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

mesmo

Definition:
selbe
same
même
grego auto

O fragmento III diz, com concisão, que pensar pertence a ser. Como caracterizar esse pertencer? Essa pergunta chega muito tarde. É que já as palavras iniciais do fragmento respondem a essa pergunta: to gar auto, a saber, o mesmo. O fragmento VIII, 34 começa com essas mesmas palavras: tauton. Será que ao dizer que ambos são o mesmo essa palavra responde a pergunta de como pensar pertence a ser? A palavra não dá resposta alguma. Primeiro porque a determinação "o mesmo" exclui toda pergunta acerca de um pertencer que só acontece entre coisas diversas. Em segundo lugar, porque a palavra "o mesmo" não diz absolutamente nada sobre a perspectiva e o fundamento a partir dos quais o diverso coincide no mesmo. Assim, em ambos os fragmentos, para não dizer em todo o pensamento de Parménides, o to auto, o mesmo, permanece a palavra enigmática.
Admitindo como certo que a palavra to auto, o mesmo, significa o idêntico, considerando por fim a identidade como o pressuposto mais claro do que faz de tudo que é passível de ser pensado um pensamento, perdemos cada vez mais a medida capaz de nos permitir escutar a palavra enigmática. [GA7 214]

Se, portanto, procuramos um diálogo pensante com Hegel, devemos falar-lhe não apenas sobre o mesmo objeto, mas, da mesma maneira, sobre o mesmo objeto. O mesmo, porém, não é o igual. No igual a diversidade desaparece. No mesmo a diversidade se manifesta. Ela surge com tanto mais premência quanto mais decisivamente um pensamento é abordado do mesmo modo pelo mesmo objeto. Hegel pensa o ser do ente especulativo-historialmente. Ora, bem, na medida em que o pensamento de Hegel faz parte de uma época histórica (isto não significa absolutamente que pertença ao passado), procuramos pensar, da mesma maneira que Hegel, o ser por ele pensado, quer dizer, historialmente. [MHeidegger - A constituição onto-teo-lógica da metafísica 187]

Submitted on 27.06.2010 18:09
This entry has been seen individually 794 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project