Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
4 user(s) are online (4 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 0
Guests: 4

more...
Home Léxico Filosofia C conhecimento Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

conhecimento

Definition:
Heidegger tinha aversão à Erkenntnistheorie, mesmo antes de decidir que Kant era mais um metafísico do que um epistemólogo (GA26, 272s, 286). Erkenntnis é "conhecimento" filosófico ou científico, apesar de seu verbo correspondente, Erkennen, significar frequentemente apenas "conhecer, reconhecer etc." "Nem todo conhecer [Erkennen] é Erkenntnis científico" (SZEHF, 63/52). Erkenntnis e, até mesmo, Erkennen pressupõem uma consciência tácita e não especializada de mundo, da própria vida e dos afazeres de cada um — Dasein ou Existem — que eles nunca podem apreender inteiramente. Erkenntnis e, portanto, Erkenntnistheorie pressupõem uma explicação do ser: "A questão acerca da essência de Erkenntnis já é [...] uma ponderada projeção da essência do homem e de sua posição em meio aos entes e uma projeção da essência destes próprios entes" (N1, 561s/N3, 75. Cf. GA20, 215ss). Para o ser-no-mundo cotidiano, Heidegger prefere palavras tais como verstehen, "compreender", ou, antes de SZ, sich auskennen, "entender de algo": "Conhecimento [Wissen] no sentido mais amplo" inclui "não apenas teoria, mas também entender de algo [Sich-auskennen], por exemplo, em uma profissão" (GA22, 265, cf. GA43, 99; GA21, 143). Wissen, "saber [como, que, sobre etc.], contrasta com kennen, "conhecer, ser familiar, ter relação [com algo ou alguém]". Wissen era originalmente um verbo no passado, " ter percebido". Usado sobretudo na acepção de saber como, esse verbo não costuma atualmente ser relacionado à visão. Heidegger o associa, no entanto, a ver e ter visto (UK, 47/184). Considera das Wissen como " a preservação da verdade", ao passo que Erkennen é " um modo pelo qual a verdade é revelada e adquirida" e Erkenntnis, " aquisição de verdade" (SZEHF, 63/52). Utiliza, às vezes, Wissen em um sentido amplo que inclui tanto "teoria", Erkenntnis, quanto entender de algo (GA22, 265). Outras vezes, o utiliza de modo mais positivo do que o faz com as palavras ligadas a kennen, relacionando-o ao conhecimento filosófico ou conhecimento do todo: "O conhecimento [kennen] comum termina com o não-conhecimento [Nichtkennen] daquilo que ainda é passível de ser conhecido [Kennbaren]. O conhecimento essencial [Wissen] começa com o conhecimento [Wissen] de algo que não é passível de ser conhecido [Nichtwissbaren]" (N1, 477/N3, 5s, cf. GA29, 213). Erkenntnis sempre contrasta com humores e com vontade. Wissen, não necessariamente. O Wissen transmitido por uma grande obra de arte não "consiste meramente em conhecer [Kennen] e representar algo. Aquele que verdadeiramente conhece [weiss] os entes, sabe o que quer em meio a eles. [...] O Wissen que permanece uma vontade, e a vontade que permanece um Wissen, é o envolvimento ecstático do homem existencial no desencobrimento dos entes", e é portanto similar à decisão, em SZ (UK, 55/192). Assim sendo, simplesmente "ter informação [Kenntnisse], por mais abundante que isso possa ser, não é Wissen" (im, 16/17). No nosso abandono tecnológico de ser, Wissen tende a se degenerar para " a disseminação calculada, rápida e em grande escala de informação mal-compreendida para o maior número possível, no menor tempo possível" (GA65, 122). [DH]


O conhecimento provoca abertura. Abrindo, o conhecimento é um desencobrimento. [GA7, pag. 17]

Submitted on 12.03.2012 15:39
This entry has been seen individually 683 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project