Login
Username:

Password:

Remember me



Lost Password?

Register now!
Main Menu
Search
Who is Online
9 user(s) are online (9 user(s) are browsing Léxico Filosofia)

Members: 1
Guests: 8

mccastro, more...
Home Léxico Filosofia H humanidade Léxico Filosofia
Browse by letter
All | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Other

humanidade

Definition:
(lat. Humanitas; in. Humanity; fr. Humanité; al. Humanität, Menschheit; it. Umanità).

Esse termo tem os seguintes significados principais:

1) Forma acabada, ideal ou espírito do homem. Era nesse sentido que os antigos usavam a palavra humanitas, correspondente ao grego paideia, da qual derivou o substantivo humanismo e seu conceito. Em sentido análogo, Humboldt considerava como fim da história "a realização da ideia de humanidade" (Schriften, IV, p. 55).

2) Substância ou essência do homem, no significado aristotélico adotado pela metafísica clássica. Nesse sentido, Tomás de Aquino dizia: "humanidade significa os princípios essenciais da espécie, tanto formais quanto materiais, não levando em conta os princípios individuais. A humanidade é aquilo em virtude do que o homem é homem; e em homem é homem não porque tem os princípios individuais, mas porque tem os princípios essenciais da espécie" (.Contra Gent., IV, 81).

3) Gênero humano, espécie humana como entidade biológica. Nesse sentido fala-se, p. ex., da história ou dos feitos da humanidade na terra, ou da evolução biológica da humanidade.

4) Síntese hipostasiada da história ou da tradição do homem, segundo o conceito de Comte, que com esse termo expressa "o conjunto dos seres passados, futuros e presentes, que concorrem livremente para o aperfeiçoamento da ordem universal" (Politique positive, IV, p. 30). Nesse sentido, para Comte, a humanidade constitui um Grande Ser, uma espécie de divindade que nada mais é que o mundo histórico hipostasiado. Comte pretendeu instituir o culto deste grande ser.

5) Natureza racional do homem, dotada de dignidade e, portanto, fim para si mesma. Esse é o significado que essa palavra assume na segunda fórmula do imperativo categórico de Kant: "Age de tal maneira que trates a humanidade (Menschheit), tanto na tua pessoa quanto na pessoa de qualquer outro, sempre também como fim, nunca somente como meio" (Grundlegung der Met. der Sitten, II). A humanidade na pessoa dos homens é objeto do respeito, que, para Kant, é o único sentimento moral (Met. der Sitten, II, § 11).

6) Disposição à compreensão dos outros ou à simpatia para com eles. Nesse sentido, a melhor definição desse termo foi dada por Kant: "humanidade (Humanität) significa, por um lado, o sentimento universal da simpatia e, por outro, a faculdade de poder comunicar pessoal e universalmente; essas são duas propriedades que, juntas, constituem a sociabilidade própria da humanidade (Menschheit), graças à qual ela se diferencia do isolamento animal" (Crít. do juízo, § 60; cf. Antr., §88). [Abbagnano]

Submitted on 25.06.2010 17:32
This entry has been seen individually 1469 times.

Bookmark to Fark  Bookmark to Reddit  Bookmark to Blinklist  Bookmark to Technorati  Bookmark to Newsvine  Bookmark to Mister Wong  Bookmark to del.icio.us  Bookmark to Digg  Bookmark to Google  Share with friends at Facebook  Twitter  Bookmark to Linkarena  Bookmark to Oneview  Bookmark to Stumbleupon Bookmark to StudiVZ



Powered by XOOPS © 2001-2012 The XOOPS Project